Nós da Poesia pelos caminhos da América Latina

Coletivo de autores da antologia organizada pelo Instituto Imersão Latina, com a participação de poetas ativistas culturais. Acompanhe sempre a agenda de eventos literários e de artes integradas do Nós da Poesia no facebook/nosdapoesia e nosdapoesia.blogspot.com Confira »

Criança não é Brinquedo

\\\\\\\"Quem tem presente, pensa no futuro\\\\\\\", com este slogan iniciamos o primeiro projeto do Imersão Latina em 2005 Confira »

Mais de 30 milhões de pessoas são escravizadas diariamente

Crianças e adolescentes migrantes da América Latina são mais vulneráveis ao tráfico humano. Entre na luta contra esta realidade. Confira »

Imersão Latina celebra a diversidade cultural

Para um futuro realmente sustentável tem que se cuidar de preservar a terra e as tradições culturais. Acompanhe sempre pelo blog do Imel nossas atividades e de parceiros. Participe! Na foto: Festa das crianças em Água Lima com a participação do Boi Rosado. Confira »

Residência Imersão Latina recebe artistas latino-americanos em agosto no Brasil

Conosca el proyecto de Residencia Imersão Latina y siga esta experiencia Conheça o projeto de Residência Imersão Latina e acompanhe essa experiência Confira »

 

Instituto Imersão Latina - Imel

Somos uma associação de escritores, jornalistas, produtores culturais, pesquisadores e artistas independentes, formada por ativistas que se preocupam em defender e mostrar toda a diversidade cultural, ambiental e de idéias da América Latina.

NOTA PÚBLICA: Chamado à solidariedade internacional com o povo brasileiro

FSM2018

 

Nós, organizações que participamos do processo de facilitação do Fórum Social Mundial 2018, realizado de 13 a 17 de março, em Salvador, testemunhamos e participamos do encontro de 80 mil vozes, vindas de enorme diversidade das lutas sociais de todo o mundo, para afirmar sua capacidade de enfrentar e mudar realidades opressoras. Resistir é criar, Resistir é transformar foi o chamado do FSM 2018.

O Brasil, sede da edição 2018 e berço do Fórum Social Mundial, tão profundamente conectado às lutas por democracia no continente, vive hoje o momento mais grave de ataque aos anseios democráticos desde o golpe perpetrado através de um processo de impeachment sem crime de responsabilidade contra a presidenta Dilma Rousseff.

Neste momento, após a decretação de prisão do ex-presidente Lula, em um claro posicionamento político dos tribunais, as vozes que clamam por democracia se vêem impelidas à resistência mais dramática, contra o abuso das instituições que deveriam promover Justiça e não justiciamento de lideranças populares.

Mídias e generais chantageiam a mais Alta Corte para obter resultado anticonstitucional, que não expressa a convicção do colegiado, além de irromper a cena para propagação de temores que só tiveram igual dimensão em tempos de recente ditadura.

As organizações facilitadoras do FSM 2018, abaixo assinadas, conclamam a todas as organizações, brasileiras e internacionais participantes do FSM e à toda sociedade civil mundial, seus movimentos e organizações de luta, a se posicionarem em denúncia clara contra o golpe de estado que agora busca se consumar com a prisão do ex-presidente Lula.

Este momento dramático vivido no Brasil exige a união de todos(as que lutam por um mundo mais justo e democrático.

Conclamamos ao apoio e solidariedade internacional com os(as) militantes políticos, partidários, sindicais, sociais e também populares sem qualquer filiação, que se levantam em todo país, em especial em São Bernardo do Campo, em posição de resistência a este golpe de morte que está sendo desferido contra o povo brasileiro.

Resistir é criar
Resistir é transformar

Brasil, 05 de abril de 2018

Organizações do Grupo Facilitador do FSM 2018

Vida Brasil
Abong
CUT-Brasil
CTB
Unisol
Filhos do Mundo
TV Kirimurê
Conem
Rede Ciranda de Comunicação Compartilhada
Unegro
UBM
Rede Mulher e Mídia
UNE
CEN
Cebrapaz
Cáritas Brasileira
Clacso
Conam
Conselho de Entidades Sócio Ambientalista da Bahia (COESA)
Fórum Nacional de Democratização da Comunicação (FNDC)
Fórum Baiano de Economia Solidária (FBES)
Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional de Povos Tradicionais de Matriz Africana (Fonsanpotma)
Geledés
Instituto Paulo Freire /CEAAL
Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH)
Mulheres Negras da Bahia (representantes do Fórum Nacional e da Articulação de Mulheres Negras da Bahia)
Instituto Àwúre Incentivo Cultural Afro Brasileiro
Instituto Imersão Latina

Casa de Escambo está com inscrições abertas

#ResidênciaArtística para musicistas do interior de Minas! Bolsa de R$2.000,00 para ir a Sabará compor.

via Coletivo Fórceps, Instituto Imersão Latina, Embaixada Cultural

Você conhece o Pompéu, em Sabará? Este distrito foi fundado nos primeiros anos do século XVIII e guarda varias histórias do povo mineiro envolvendo a busca pelo ouro, pela sobrevivência e pela construção de um estado de minas. Sem falar na culinária típica, nos “causos”, belezas naturais e históricas da época do barroco.

Estão abertas inscrições para musicistas, tocadoras e tocadores de modas de viola, de instrumentos de época, cantadoras e cantadores, compositoras e compositores, mestras e mestres populares, membros de grupos culturais mineiros para passar 2 semanas no Rancho da Cultura, no Pompéu, Sabará, em residência artística musical.

A proposta é desenvolver um trabalho prioritariamente musical, envolvendo algum diálogo com os seguintes pontos: a história do Pompéu/Sabará/Minas Gerais, os espaços naturais e arquitetônicos históricos, os músicos, artistas e mestres populares sabarenses.

Saiba mais em: https://goo.gl/12EQCJ

Prazo de inscrição: 6 a 27 de março de 2018

Período de Residência: 23 de abril a 6 de maio de 2018

ACESSE A CONVOCATÓRIA AQUI

ACESSE O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO AQUI

Dúvidas: casadeescambo@gmail.com

Imersão Latina lança dois álbuns internacionais

Projeto  Residência Imersão Latina conecta sete países latinoamericanos em Belo Horizonte

https://imersaolatina.bandcamp.com/

Frutos de residências artísticas em Belo Horizonte, estão disponíveis os discos “Seamos Canción” e “Força da Paz” que contam com compositores e músicos do Chile, Colômbia, México, Uruguai, Peru, Argentina e Brasil.

Movimentos e coletivos mineiros se organizam para participar do Fórum Social Mundial

Próxima reunião de mobilização é nesta terça-feira no Sindicato dos Jornalistas

Este ano o FSM será no Brasil, em março, e contará com a participação de diversas entidades, coletivos e movimentos de Minas Gerais. Na plenária do dia 17 de janeiro, discutimos como nos organizar para participar, propor atividades e como viabilizar a ida a Salvador, e nos somar a resistência planetária que vai se reunir no Brasil.

Nossa próxima reunião será no dia 6 de fevereiro, no Centro de Referência da Juventude, 19 horas, e vai abrir oficialmente nossa exposição da Memória do FSM, que pretende reunir a partir da contribuição de todas (os), materiais impressos e fotografias das diversas edições do FSM.

Foram formados dois GTs, um de Mobilização e Comunicação e outro de Logística, que terão a tarefa de auxiliar nesta construção mineira rumo ao FSM. Também haverá um esforço para que auxiliemos no processo de inscrição e informações.
Os coletivos negros, das religiões de matriz africana e quilombolas já estão se organizando para inscrever atividades ao FSM. Foi proposta a realização de uma reunião para discutir a participação e também os coletivos de Economia Solidária tem um encontro marcado nos dias 2 e 3 de fevereiro, e dentre outras pautas, vão discutir a sua participação no FSM.

Além de um breve histórico do FSM, discutimos a construção desta edição e o esforço das entidades que compõem o Conselho Internacional e Brasileiro do Fórum nesta tarefa organizativa. A Universidade Federal da Bahia, bem como outras instituições, vão receber o encontro, e as atividades serão auto-gestionadas pelas entidades proponentes. No dia 16 de março está programada a Assembleia Mundial de Mulheres, atividade proposta no Seminário Internacional do FSM, realizado em outubro de 2017, e preparatório ao FSM 2018.
Iniciamos a gravação de vídeos com chamadas ao FSM, e convocamos as entidades e coletivos a contribuírem com a mobilização e comunicação divulgando as notícias e materiais do FSM.

As inscrições para participantes e de atividades já estão abertas e disponíveis no site do FSM: 
https://wsf2018.org.

 

EIXOS DO FSM 2018: TEMAS

1. Ancestralidade, Terra e Territorialidade
2. Comunicação, Tecnologias e Mídias livres
3. Culturas de Resistências
4. Democracias
5. Democratização da Economia
6. Desenvolvimento, Justiça Social e Ambiental
7. Direito à Cidade
8. Direitos Humanos
9. Educação e Ciência, para Emancipação e Soberania dos Povos
10. Feminismos e Luta das Mulheres
11. Futuro do FSM
12. LGBTQI+ e Diversidade de Gênero
13. Lutas Anticoloniais
14. Migrações
15. Mundo do Trabalho
16. Um Mundo sem Racismo, Intolerância e Xenofobia
17. Paz e Solidariedade
18. Povos Indígenas
19. Vida Negras Importam

Links importantes:

Inscrições participantes e atividades: https://wsf2018.org/cadastro/

Economia solidária: https://www.surveymonkey.com/r/B7JBJ9S

Dúvidas frequentes: https://wsf2018.org/faq/

Fale conosco: coletivominasfsm2018@gmail.com

Nós da Poesia prepara nova edição. Participe até 15 de janeiro de 2018!

A próxima antologia Nós da Poesia (volume 6) terá como tema Va…idades / Van…idades
(falará sobre a passagem do tempo, memória e valorização da vida).

Participe enviando 4 poemas ou prosas poéticas. As inscrições estão abertas de hoje 15/10/2017  a 15/01/2018.

Basta enviar seus textos em português ou espanhol para o e-mail: nosdapoesia@gmail.com

Participe e concorra a prêmios de publicação para os 3 primeiros colocados e de edição cooperativa para 30 participantes. A publicação é organizada pelo Instituto Imersão Latina.

O auto da Compadecida ganha montagem do Grupo Jovem Arte & Passo

Nesta semana, o Grupo Jovem Arte e Passo estará em circulação com o espetáculo de dança “O Auto da Compadecida”, que teve sua estreia em Viçosa e neste mês passará por mais três cidades de Minas Gerais. A realização é por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com o patrocínio da Trigo Arte & Cia e conta com apoio das prefeituras e teatros.

Os bailarinos e a coordenadora do grupo integravam o Ballet Jovem da Fundação Clóvis Salgado e hoje são um grupo independente. A trilha sonora é original e as coreografias vão desde o ballet clássico de repertório à dança contemporânea, mostrando habilidade, com beleza e originalidade.

Apresentações:

- 14 de setembro às 20 horas (Teatro da Maçonaria, em Belo Horizonte)
- 15 de setembro às 20 horas
(Teatro Municipal de Nova Lima)
- 17 de setembro às 19 horas (Teatro de Vespasiano)

Todas as apresentações gratuitas com retirada 1 hora antes de cada apresentação.

O Grupo Jovem Arte Passo é um grupo de formação profissional que busca o aperfeiçoamento artístico de maneira ampla. O Grupo conta atualmente com  16 bailarinos e 4 estagiários, que passam diariamente por uma rigorosa formação, nas técnicas de Ballet Clássico, Dança Contemporânea, Jazz e Teatro.

A apresentação artística de seu espetáculo “Auto da Compadecida”, que mistura dança e teatro em uma releitura da obra homônima de Ariano Suassuna, é indicado para todos os públicos, de diferentes faixas etárias. Simplicidade e religiosidade em um espetáculo bem humorado e que busca impulsionar a cultura popular do país. A obra “Auto da Compadecida” é considerada um retrato do Brasil.

O enredo da peça é construído a partir de histórias alinhavadas e recriadas a partir de outras, retiradas do universo da poesia popular brasileira, também conhecidas como “literatura de cordel”. O autor une a tradição do teatro medieval ao contexto social e histórico do nordeste brasileiro, resgatando e valorizando a cultura popular e suas regionalidades.

O espetáculo foi construído a partir de um roteiro inspirado na peça utilizando diferentes linguagens artísticas, escrito pelo ator Leonardo Fernandes. Conta ainda com a participação do ator Fernando Veríssimo, e tem direção e coordenação de Liana Sáfadi e Eliatrice Gischewski, além do elenco de bailarinos do grupo jovem Arte & Passo.

Programa Interface com o tema Identidade Latina é exibido na Puc TV

Confira a edição do Interface, da PUC TV, sobre cultura latina. Embarque em uma viagem pelos países latino-americanos, com muita música, história e cultura. Assista e conheça mais sobre a diversidade cultural dos nossos vizinhos hispânicos, com um papo sobre o projeto Imersão Latina e sobre as conexões que aproximam o Brasil dos países do continente!

Sarau da Palavra promove encontro poético na livraria Ouvidor Savassi

No próximo sábado Brenda Marques apresenta poemas e contos de seus novos livros Desnaturalizados  Manos Pulsantes com a mediação do curador Leandro Alves

Em sua segunda edição, o projeto Sarau da Palavra da Livraria Ouvidor Savassi veio pra ficar e ocorrerá  uma vez ao mês, sempre aos sábados pela manhã promovendo o encontro entre poetas de Belo Horizonte e de outras partes do Brasil. No próximo sábado a  jornalista e escritora Brenda Marques Pena será homenageada e concederá uma entrevista ao organizador Leandro Alves que  fará a leitura de contos e poemas da autora.  A autora apresentará contos e poemas  dos seus últimos livros Desnaturalizados e Manos Pulsantes, lançados este ano no Uruguai  e na  Argentina.

Essa edição contará também com   a intervenção  musical do DJ Fernando Fonseca que durante o evento brindará o público com canções da Bossa Nova,  Jazz, MPB e  afins. Foi o próprio DJ que abriu as portas para este projeto, já que ele começou a fazer intervenções musicais aos sábados na Ouvidor durante o lançamento de livros. Foi ele que  convidou o estudante de Letras Leandro Alves para mediar o primeiro Sarau da Palavra,  que ocorreu no dia 15  de julho  e teve  como convidado o poeta  e agitador cultural Rogério Salgado que trouxe outros poetas participantes: Marcia Araújo, Petrônio Souza Gonçalves, Virgilene Araujo e  o cantor  e compositor Cristiano Lima.

Devido ao sucesso da edição anterior, desta vez com o apoio do Instituto Imersão Latina,  o evento vem para se consolidar na agenda cultural   das manhãs mineiras.

Sobre o Sarau da Palavra

O evento tem por objetivo promover o encontro entre poetas de toda Belo Horizonte e de todo o Brasil. O Sarau da Palavra ocorrerá todo o mês na Livraria do Ouvidor e terá sempre como convidados poetas de  diversos cenários mineiros.

O sarau que conta com a curadoria do poeta Leandro Alves, aproveita o ensejo para fomentar a produção cultural e literária mineira. O Sarau da Palavra é um espaço para performances, leitura de poemas, música, venda de livros, sessão de autógrafos e rodas de conversas com autores convidados pela Ouvidor Savassi.

Para a Livraria Ouvidor,  o Sarau da Palavra é um ensejo para promover novos poetas e fazer uma ponte entre outros autores e o público.  Além de ser uma oportunidade para que o público conheça os autores e compre livros autografados, estimulando assim a circulação de suas publicações e o fomento à leitura e ao livro.

Sobre a escritora convidada

Brenda Marques Pena é jornalista e escritora. Trabalha na produção do programa Agenda da Rede Minas.  Preside o Instituto de Imersão Latina, integra os coletivos Nós da Poesia e Contorno, o circuito de Narradores e  poetas do Mercosul, o movimento aBrace, com sede em Montevidéu, Uruguai e no Brasil a Rede Sem Fronteiras.


Informações à imprensa:

Leandro Alves Pereira
falecom.leandroalves@gmail.comEntrevistas com a autora Brenda Marques Pena:

brendajornalista@gmail.com

I Conferência Livre Indígena em Belo Horizonte

Nós que por circunstâncias da vida imposta a classe trabalhadora, indígenas que somos não tivemos escolha, alguns vieram para as cidades para estudar e ou trabalhar para manter a sobrevivência uma vez que a fartura que é mostrada na mídia é inverdade.Alguns vieram expulsos e muita das vezes devido aos conflitos agrários onde o Poder Público Federal que teria a função de proteção às vezes manifesta se do lado dos latifundiários.
Pois bem estamos nos organizando, atuando nos movimentos sociais e trocando experiências e vivências com o objetivo de buscar derrotar o preconceito social e até mesmo entre nós e conquistar políticas públicas perenes e duradouras.Neste tempo de uma crise inventada pelo branco opressor, estaremos realizando o ato público na Praça Sete em Belo Horizonte, a partir das 17 horas, em comemoração ao dia Internacional dos povos indígenas e no dia 12 será nossa conferência livre povos indígenas vivendo na cidade e por nenhum direito a menos!
A conferência será no CRJ – Centro de Referência da Juventude, na Praça da Estação, em Belo Horizonte, de 15h às 20h com mesas de debate, rodas de conversa e apresentações culturais.
(Comitê Mineiro de Apoio às Causas Indígenas)

Show de lançamento da Residência Imersão Latina

Show de Encerramento da Residência Imersão Latina #2
Laboratório de Latinidades Musicais com:

Lelé – Peru
Karina Marçal – Brasil
María Paz – Chile
Nicolas Diaz – Argentina
Dreams on Board – Peru
e convidadxs

29/07, sábado, 19h às 22h
na MAMA/CADELA
Rua Pouso Alegre, 2048 – Santa Tereza