Nós da Poesia pelos caminhos da América Latina

Coletivo de autores da antologia organizada pelo Instituto Imersão Latina, com a participação de poetas ativistas culturais. Acompanhe sempre a agenda de eventos literários e de artes integradas do Nós da Poesia no facebook/nosdapoesia e nosdapoesia.blogspot.com Confira »

Criança não é Brinquedo

\\\\\\\"Quem tem presente, pensa no futuro\\\\\\\", com este slogan iniciamos o primeiro projeto do Imersão Latina em 2005 Confira »

Mais de 30 milhões de pessoas são escravizadas diariamente

Crianças e adolescentes migrantes da América Latina são mais vulneráveis ao tráfico humano. Entre na luta contra esta realidade. Confira »

Imersão Latina celebra a diversidade cultural

Para um futuro realmente sustentável tem que se cuidar de preservar a terra e as tradições culturais. Acompanhe sempre pelo blog do Imel nossas atividades e de parceiros. Participe! Na foto: Festa das crianças em Água Lima com a participação do Boi Rosado. Confira »

Residência Imersão Latina recebe artistas latino-americanos em agosto no Brasil

Conosca el proyecto de Residencia Imersão Latina y siga esta experiencia Conheça o projeto de Residência Imersão Latina e acompanhe essa experiência Confira »

 

Instituto Imersão Latina - Imel

Somos uma associação de escritores, jornalistas, produtores culturais, pesquisadores e artistas independentes, formada por ativistas que se preocupam em defender e mostrar toda a diversidade cultural, ambiental e de idéias da América Latina.

Exposição de Arte Postal no Meio do Caminho pode ser vista na Fundação Carlos Drummond de Andrade

Flyer NO MEIO DO CAMINHO


O Instituto Imersão Latina realiza no dia 16 novembro de 2018, às 19 horas, uma ação poético/performática na exposição internacional de Arte Postal “No Meio do Caminho”, que acontece na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, em Itabira (MG).

A exposição teve uma pré-abertura na 17ª Semana Literária Drummondiana, é constituída de obras de 92 autores de 23 países, que apresentam suas criações no sistema da Arte Postal. Com curadoria de Tchello d’Barros (RJ), a mostra integra a programação do I-Poem@ – Encontro Internacional de Escritura Migrante, coordenado por Brenda Marques Pena (MG), em instituições culturais das cidades mineiras de Belo Horizonte, Itabira, Ipoema, Moeda e Ravena. Após o período expositivo a mostra terá uma versão na Internet. De acordo com o curador, a exposição “é uma ação que visa reunir criações poéticas e imagéticas de diferentes origens em nosso planeta, convergindo com o poema de Drummond e ampliando o tema para questões como as migrações, os refugiados e o momento atual da geopolítica global”.

 Artistas e Países:  

 ALEMANHA: Horst Tress – Lars Schumacher – Lutz Beeke – PC Tictac – Hans Braumüller – Susanne Schumacher | ARGENTINA: Alejandra Besozzi – Ana Montenegro – Claudio Mangifiesta – Marcela Peral – Negreira Patricia   Walter Brovia | ÁUSTRIA: Gunter Vallaster – Horvath Piroska – Klaus Pinter | BÉLGICA: The Wasted Angel – R. Ramon | BRASIL: Al-Chaer – Almandrade – Bruce Svain – Constança Lucas – Dorian Ribas Marinho – Ermínia Marasca Soccol – Eni Ilis – Iara Abreu – Janyce Soares de Oliveira – Joaquim Branco – Gringo Carioca – Hugo Pontes – Jane Beatriz Sperandio Balconi – Jussara Leite Kronbauer – Karla K. Lipp – Maria Caruso – Maria do Carmo Toniolo Huhn – Maria Flor – Maria Julieta Damasceno Ferreira – Maria de Lourdes Rabello Villares – Maria Tereza Penna – Marithê Bergamin – Martina Berger – Ricardo Alfaya – Roberto Keppler – Sirlei Caetano – Tchello d’Barros – Terezinha Fogliato Lima – Coletivo Gralha Azul | CANADÁ: Christopher Willard | CHILE: Antonio Cares | DINAMARCA: Marina Salmaso – Poul Poclage – Victor Vidal | ESPANHA: Antonia Mayol Castelló – Daniel de Culla – Ibirico – Ferran Destemple – Juan López de Ael – Miguel Jimenez – Pedro Bericat – Rafael Gonzales – Sabela Baña | EUA: Daniel C. Boyer – Henry Guild – John M. Bennet – Michelangelo Mayo – Steve Dalachinsky – Reid Wood – | ESTÔNIA: Ilmar Kruusamãe | FINLÂNDIA: Anja Matilla-Tolvanen – John Gayer – Paul Tililã | FRANÇA: André Robèr – Richard Baudet | GRÉCIA: Katerina Nikoltsou | ITÁLIA: Bruno Chiarlone – Cinzia Farina – Daniele Virgílio – Franco Ballabeni – Giovanni e Renata StraDA DA – Maya Lopez Muro – Oronzo Liuzzi – Roman Bueri | JAPÃO: Keiichi Nakamura – Keigo Hara – Tohei Mano | NORUEGA: Jaromir Svozilik  | POLÔNIA: Miron Tee | PORTO RICO: Esteban Valdés | PORTUGAL: Avelino Rocha – Fernando Aguiar | RÚSSIA: Alexander Limarev | TURQUIA: Derya Avci | URUGUAI: Clemente Padin

Texto Curatorial 

TINHA A ARTE POSTAL NO MEIO DO CAMINHO
por Tchello d’Barros*

 “Disseram que jamais atravessaríamos a fronteira.
E agora, aqui estamos nós.”
Corey Taylor

“No Meio do Caminho” apresenta um diálogo entre textos e imagens de diferentes linguagens com o sistema da Arte Postal, estabelecendo um espaço específico – o Cartão Postal – como lugar de encontro com o leitor/visualizador das obras. Tal pluralidade de linguagens, desta vez homenageia o grande poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade, em releituras textuais e visuais de seu emblemático poema.

Um dia, o filho maior de Itabira encontrou seu lugar na metrópole, mas qual o lugar ideal da Arte na contemporaneidade? Podemos mencionar as exposições, livros, espaços culturais, Internet e mídias digitais, mas antes de tudo talvez possamos considerar que seja um lugar interno em nós, onde a arte possa inquietar, comunicar e causar reações estéticas. A Arte Postal é uma sobrevivente de nossa turbulenta passagem para a pós-modernidade, abriu seu espaço na era digital, cruzou a linha do novo milênio, chegou aos nossos dias reinventando-se sempre mais, transgressora, crítica e política. E não veio apenas para ficar, mas para ampliar seu arco temático, seja pelo viés do humor, seja pela crítica mordaz nas abordagens dos grandes temas da humanidade, desde tensões geopolíticas, desníveis socioeconômicos, as relações humanas e até mesmo aspectos inusitados do cotidiano.

A Arte Postal – Arte Correo, Mail Art – vem ampliando suas redes de trocas simbólicas em todos os continentes, aumentando cada vez mais seus adeptos, e, para além das mostras coletivas, vem potencializando seus públicos de forma exponencial nos meios virtuais. Essa modalidade está mais viva do que nunca, num constante tráfico de poéticas diversas, num intercâmbio de obras, livres das amarras acadêmicas, das demandas de mercado e de engessamentos institucionais.

Atenderam ao chamado desta vez 92 artistas de 23 países, apresentando suas criações em técnicas como desenho, pintura, colagem, infogravura, fotografia, reprografia, assemblages, caligrafia, técnicas mistas, selos autorais e carimbos personalizados. E cada Cartão Postal possui elementos de manufatura que os tornam únicos, em contraponto com a cultura de massa em que nossa sociedade está inserida. O meio desse caminho bifurcou-se em releituras, como escrituras migrantes, trilhando sendas cada vez mais debatidas na atualidade, como Migração, Emigração, Imigração, Refugiados, Fronteira, Aduana, Xenofobia, Geopolítica, Clandestinidade, Percurso, Itinerário, Trajetória, Soberania, Integração, Território, Esperança, Mapa, Bússula, Latitude/Longitude, etc.

Provocar a produção em Arte Postal no cenário brasileiro e internacional, estimular a presença dessas linguagens e suportes nos meios culturais e tensionar aspectos conceituais para uma possível reflexão ou debate, são alguns pontos de partida desta mostra. E, talvez, um ponto de chegada num lugar chamado Arte, seja para quem quer trilhar essa vereda com suas criações, seja apenas para quem ama a arte em todos seus caminhos.

*Tchello d’Barros é Escritor, Artista Visual e Curador
Rio de Janeiro (RJ), Brasil – outubro 2018

Serviço:
Ação Poética: 16 de novembro de 2018
Horário: 19 h
Local: Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade
Itabira (MG), Brasil
Visitação: Até 26 de novembro de 2018
Entrada franca

Links:
- “No Meio do Caminho” no Facebook:
www.facebook.com/poeticasmigrantes
- Instituto Cultural Imersão Latina:
www.imersaolatina.com

 

Relação dos 92 artistas de 23 países participantes da exposição internacional de Arte Postal “NO MEIO DO CAMINHO” promovida pelo Instituto Imersão Latina (Belo Horizonte) c/ coordenação de Brenda Marques Pena (MG) do Instituto Imersão Latina e curadoria de Tchello d’Barros (RJ), do Visual Poetry Museum.

ALEMANHA: Horst Tress – Lars Schumacher – Lutz Beeke – PC Tictac – Hans Braumüller – Susanne Schumacher | ARGENTINA: Alejandra Besozzi – Ana Montenegro – Claudio Mangifiesta – Negreira Patricia   Walter Brovia | ÁUSTRIA: Gunter Vallaster – Horvath Piroska – Klaus Pinter | BÉLGICA: The Wasted Angel – R. Ramon | BRASIL: Almandrade   - Bruce Svain – Constança Lucas – Dorian Ribas Marinho – Ermínia Marasca Soccol – Eni Ilis – Iara Abreu – Janyce Soares de Oliveira – Joaquim Branco – Gringo Carioca – Hugo Pontes – Jane Beatriz Sperandio Balconi   Jussara Leite Kronbauer – Karla K. Lipp – Maria Caruso – Maria do Carmo Toniolo Huhn – Maria Flor – Maria Julieta Damasceno Ferreira – Maria de Lourdes Rabello Villares – Maria Tereza Penna – Marithê Bergamin – Martina Berger – Ricardo Alfaya – Roberto Keppler – Sirlei Caetano – Tchello d’Barros – Terezinha Fogliato Lima – Coletivo Gralha Azul | CANADÁ: Christopher Willard | CHILE: Antonio Cares | DINAMARCA: Marina Salmaso – Poul Poclage – Victor Vidal | ESPANHA: Antonia Mayol Castelló – Daniel de Culla – Ibirico – Ferran Destemple – Juan López de Ael – Miguel Jimenez – Pedro Bericat – Rafael Gonzales – Sabela Baña | EUA: Daniel C. Boyer – Henry Guild – John M. Bennet – Michelangelo Mayo – Steve Dalachinsky – Reid Wood – | ESTÔNIA: Ilmar Kruusamãe | FINLÂNDIA: Anja Matilla-Tolvanen – John Gayer – Paul Tililã | FRANÇA: André Robèr – Richard Baudet | GRÉCIA: Katerina Nikoltsou | ITÁLIA: Bruno Chiarlone – Cinzia Farina – Daniele Virgílio – Franco Ballabeni – Giovanni e Renata StraDA DA – Maya Lopez Muro – Oronzo Liuzzi – Roman Bueri | JAPÃO: Keiichi Nakamura – Keigo Hara – Tohei Mano | NORUEGA: Jaromir Svozilik  | POLÔNIA: Miron Tee | PORTO RICO: Esteban Valdés | PORTUGAL: Avelino Rocha – Fernando Aguiar | RÚSSIA: Alexander Limarev | TURQUIA: Derya Avci | URUGUAI: Clemente Padin

I-Poema – Itinerários poéticos migrantes recebe inscrições até 14 de outubro

Ipoema

Prorrogamos até dia 14 de outubro as inscrições para  propostas artísticas com o tema escrituras e poéticas migrantes para o I-Poema – Itinerários poéticos migrantes.

O projeto I-POEM@ – Encontro Internacional de Escrituras Migrantes é um projeto realizado pelo Instituto Imersão Latina, que se dará de 14 a 18 de novembro de 2018, nas cidades de Belo Horizonte, Itabira, incluindo o distrito de Ipoema. Participam da organização deste evento um coletivo de escritores e artistas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Uruguai, Itália e Portugal (sendo que estes últimos são migrantes que moram respectivamente na Argentina e Brasil). O objetivo geral do evento  é propiciar o intercâmbio de propostas artísticas, saberes culturais e o debate sobre a poética de escritores que estão no entre-lugar, que vivem ou transitam por países diferentes do de nascimento e desta forma propõe uma produção poética a partir da itinerância e possibilitar que a produção cultural destes escritores e artistas de diferentes poéticas possa ser conhecida e vivenciada também pelo público participante.

Programação: 

A abertura do I-Poem@ será no Teatro da Biblioteca Estadual Luiz de Bessa, localizado na Praça da Liberdade, no dia 14 de novembro às 14 horas, dia 15 haverá atividade de lançamento de livros e performances no foyer do Sesc Palladium, dia 16 será realizada viagem a Itabira para visita à Fundação Carlos Drummond de Andrade e à exposição de arte postal “No Meio do Caminho”, sob a curadoria de Tchello d´Barros, que também está com convocatória aberta para participação. Veja em: http://www.imersaolatina.com/?p=1736, dia 17 pela manhã realizaremos um sarau no Museu do Tropeiro em Ipoema e à tarde retornamos para Belo Horizonte, onde será realizada atividade do I-Poem@ na Virada Cultural de Belo Horizonte. O encerramento deste grande encontro será no dia 18 de novembro, com o show “Vida” de Leci Strada, com abertura da banda Ablusadas, no Grande Teatro do Palácio das Artes. Os Ingressos para o show de encerramento já estão à venda na Bilheteria do Grande Teatro do Palácio das Artes e online: https://www.ingressorapido.com.br/event/9929/d/43710.

Como participar

Os que desejarem e puderem participar do I-poema devem enviar as seguintes informações até 14 de outubro para o e-mail nosdapoesia@gmail.com ou pelo facebook.com/poeticasmigrantes escrevendo no assunto. Proposta para o I-Poema.

Nome / Nombre:

Nacionalidade/ Nacionalidad:

Data de Nascimento / Fecha de nacimiento:

E-mail:

facebook/ instagran o otras redes:

Blog ou algum site com seu trabalho / Blog o sitio com el trabajo

Teléfono/telegram:

País de residência/ País de residencia:

Endereço / Domicilio:

Estado / Localidad:

Cidade/ Distrito / Ciudad/Provincia:

Títulos de livros, revistas a presentar e/0u outras propostas artísticas como exposições e performances/

Títulos de libros o revistas a presentar y/o propuesta artísticas como exposiciónes y performances:

Observações / Observaciónes:


Resultado

Os selecionados serão comunicados via e-mail e todas as informações de como participar do I-Poema serão divulgadas no facebook.com/poeticasmigrantes e também pelo site imersaolatina.com.

A organização não se compromete em arcar com custos de deslocamento, hospedagem e alimentação dos participantes. Todos os selecionados ganharão um Kit cultural com CDs, livros e um certificado de participação no I-Poema e serão mencionados em todas as peças de divulgação e também em material que será enviado à imprensa. Os que propuserem exposição ou outro tipo de proposta que exija equipamento específico, devem mencionar em observações para verificarmos a possibilidade de atendimento.  Esclarecimentos devem ser solicitados pelo e-mail ou na página facebook.com/poeticasmigrantes. Este é um evento colaborativo, portanto, os que se propõe a participar se comprometem também a apoiar, auxiliando na divulgação de forma a promover culturalmente esta iniciativa e de compartilhar a experiência nos seus países e cidades, de forma a contribuir com o intercâmbio cultural.

Convocatória / Convocatoria / Call

FlyerArte Postal_final

Convocatória / Convocatoria / Call

NO MEIO DO CAMINHO – Exposição Internacional de Arte Postal
EN EL MEDIO DEL CAMINO – Exposición Intern. de Arte Correo
IN THE MIDDLE OF THE WAY – International Exhibition of Mail Art
……………………

PORTUGUÊS / Español / English

………………….

O Instituto Imersão Latina convida poetas e artistas visuais de qualquer nacionalidade a participar do projeto NO MEIO DO CAMINHO – Exposição Internacional de Arte Postal, na Fundação Carlos Drummond de Andrade, em Itabira (MG), Brasil. A ação é integrante da programação cultural do I I-Poem@ Encontro Literário Internacional de Escritura Migrante, que acontecerá nas cidades de Belo Horizonte, Ipoema e Itabira, do Estado das Minas Gerais, no Brasil.

Coordinação: Brenda Marques Pena (Belo Horizonte, MG – Brasil)
Curadoria: Tchello d’Barros (Rio de Janeiro, RJ – Brasil)
BASES

- Inscrição:
Apenas 01 Cartão Postal por pessoa, na dimensão 10 X 15 cm.
Informe no verso seu nome e endereço. Se quiser, inclua título, seu e-mail, ano, assinatura etc.
Opcional: selos, carimbos e envelopes também serão bem-vindos.

- Envie seu Cartão Postal p/ o endereço:
Tchello d’Barros
Largo Wanda de Oliveira, 400
Cidade Universitária UFRJ – CEP 21.941-903
Rio de Janeiro, RJ – Brasil

- Cronograma
Envio das obras por correio físico: chegada no endereço (no Rio de Janeiro) até 24 Outubro 2018
Divulgação: 24 Outubro 2018
Abertura da exposição física: 25 Outubro 2018
Visitação: até 26 Novembro 2018
Mostra Virtual: 30 Novembro 2018

- Tema e Técnica: NO MEIO DO CAMINHO
O tema NO MEIO DO CAMINHO é uma referência ao poema do grande poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade, “Tinha uma pedra no meio do caminho”..
Algumas sugestões de palavras-referências como inspiração p/ a criação do seu Cartão Postal: Caminhos, Migração, Emigração, Imigração, Percurso, Itinerário, Trajetória, Fronteira, Aduana, Mapa, Território, Clandestinidade, Refugiados, Esperança, Bússula, Latitude/Longitude, Soberania, Integração, Xenofobia, Geopolítica.
Serão aceitos Cartões Postais em quaisquer técnicas, como: Desenho, Pintira, Gravura, Colagem, Fotografia, Assemblage, Impressão Digital, Texto etc.
- Exposição
Os Cartões Postais participarão da exposição na Fundação Carlos Drummond de Andrade, em Itabira (MG), no Estado de Minas Gerais, Brasil. Mostra não-competitiva, sem prêmios, sem pró-labore, sem júri, sem vendas, sem devolução dos cartões. Não serão expostas imagens com conteúdo ofensivo, violento, racial ou discriminatório. Haverá certificado digital nominal, a ser enviado ao e-mail que constar no verso do Cartão Postal. Será publicado na Internet um relatório fotográfico da exposição Haverá posteriormente uma versão virtual da exposição e a possibilidade de itinerar por outros espaços culturais no Brasil. O simples ato de enviar o Cartão Postal indica a autorização de divulgação de seu nome e da imagem da obra (frente e verso) via todos os meios e a aceitação das condições deste projeto.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Português / ESPAÑOL / English

……………..

El Instituto Imersão Latina invita a poetas y artistas visuales de cualquier nacionalidad a participar del proyecto EN EL MEDIO DEL CAMINO – Exposición Internacional de Arte Postal, a realizar-se en la Fundacão Carlos Drummond de Andrade, em la ciudad de Itabira (MG), Brasil. La acción es integrante de la programación cultural del I I-Poem@ Encuentro Literario Internacional de Escritura Migrante, que tendrá lugar en las ciudades de Belo Horizonte, Ipoema y Itabira, del Estado de Minas Gerais, Brasil.

Coordinación: Brenda Marques Pena (Belo Horizonte, MG – Brasil)
Curador/ Comisario: Tchello d’Barros (Rio de Janeiro, RJ – Brasil)
BASES

- Inscripción:
Sólo 01 Tarjeta Postal por persona, en la dimensión 10 X 15 cm.
En el reverso, ponga su nombre y dirección. Si desea, incluya título, su e-mail, año, firma etc. Opcional: sellos, estampillas, carimbos y sobres también serán bienvenidos.

- Envíe su Tarjeta Postal para la dirección:
Tchello d’Barros
Largo Wanda de Oliveira, 400
Ciudad Universitaria UFRJ – CEP 21.941-903
Río de Janeiro, RJ – Brasil

- Cronograma
Recepción de las obras por correo físico: llegada en la dirección (en Río de Janeiro) hasta 24 Octubre 2018
Divulgación: 24 Octubre 2018
Apertura de la exposición física: 25 de octubre de 2018
Visitación: hasta 26 Noviembre 2018
Muestra virtual: 30 de Noviembre de 2018

- Tema y técnica: EN EL MEDIO DEL CAMINO
El tema “En el medio del camino” es una referencia al poema del gran poeta brasileño Carlos Drummond de Andrade, “Tenía una piedra en medio del camino”.
Algunas sugerencias de palabras-referencias como inspiración para la creación de su Tarjeta Postal: Caminos, Migración, Inmigración, Emigración, Ruta, Itinerario, Trayectoria, Frontera, Aduana, Mapa, Territorio, Clandestinidad, Refugiados, Esperanza, Bússula, Latitud / Longitud , Soberanía, Integración, Xenofobia, Geopolítica.
Se aceptarán Tarjetas Postales en cualquier técnica, como Dibujo, Pintura, Grabado, Collage, Fotografia, Assemblage, Impresión Digital, Texto, etc.

- Exposición
Las Tarjetas Postales serán participarán de la exposición en la Fundação Carlos Drummond de Andrade, en Itabira (MG), en el Estado de Minas Gerais, Brasil. Muestra no competitiva, sin premios, sin pro-labore, sin jurado, sin ventas, sin devolución de las Tarjetas Postales. No se expondrán imágenes con contenido ofensivo, violento, racial o discriminatorio. Habrá certificado digital nominal, que se enviará al e-mail que figure en el reverso de la Tarjeta Postal. Se publicará en Internet un informe fotográfico de la muestra. Habrá posteriormente una versión virtual de la exposición. Posibilidad de itinerar por otros espacios culturales en Brasil. El simple acto de enviar la Tarjeta Postal indica la autorización de divulgación de su nombre y de la imagen de la obra (frente y verso) por todos los medios y la aceptación de las condiciones de este proyecto.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Português / Español / ENGLISH
……………..

The Instituto Imersão Latina invites poets and visual artists of any nationality to participate in the Project NO MEIO DO CAMINHO (In the middle of the way) – International Mail Art Exhibition, at the Fundação Carlos Drummond de Andrade, in Itabira city (MG), Brasil. The action is part of the cultural program of the I I-Poem@ International Literary Encounter for Migrant Writing, to be held in the cities of Belo Horizonte, Ipoema and Itabira, in the State of Minas Gerais, Brazil.

Coordinator: Brenda Marques Pena (Belo Horizonte, MG – Brazil)
Curator: Tchello d’Barros (Rio de Janeiro, RJ – Brazil)
BASES

- Subscription:
Only 01 Postcard per person, in traditional Mail Art size 10 X 15 cm.
On the back, enter your name and address. If you want, include title, e-mail, year, signature etc. optional: rubberstamps, stamps and envelopes are also welcome.

- Send your Postcard to the address:
Tchello d’Barros
Largo Wanda de Oliveira, 400
Cidade Universitária UFRJ – CEP 21.941-903
Rio de Janeiro, RJ – Brazil

- Schedule
Reception of works by snailmail: arrival at the address (in Rio de Janeiro) until October 24, 2018
Press Release: October 24, 2018
Opening of the physical exhibition: 25 October 2018
Visitation: until 26 November 2018
Virtual Show: November 30, 2018

- Theme and Technique: IN THE MIDDLE OF THE WAY
The theme “In the middle of the way” is a reference to the poem of the great Brazilian poet Carlos Drummond de Andrade, “I had a stone in the middle of the path (“Tinha uma pedra no meio do caminho”).
Some suggestions of reference words as inspiration for the creation of your Postcard: Paths, Migration, Emigration, Immigration, Route, Itinerary, Trajectory, Border, Customs, Map, Territory, Clandestine, Refugees, Hope, Compass, Latitude / Longitude, Sovereignty, Integration, Xenophobia, Geopolitics.
Postcards will be accepted in any techniques, such as Drawing, Painting, Engraving, Collage, Photography, Assemblage, Digital Printing, Text etc.

- Exhibition non-competitive, without prizes, without pro-labore, without jury, without sales, without return of the Postcards. No images with offensive, violent, racial or discriminatory content will be displayed. There will be a nominal digital certificate, to be sent to the e-mail that appears on the back of the Postcard. A photographic report of the exhibition will be published on the Internet. There will be a virtual version of the exhibition and the possibility of traveling through other cultural institutions in Brazil. The simple act of sending the Postcard indicates the authorization to publicize your name and the image of the work (front and back) by all ways and the acceptance of the conditions of this project.

Contato / Contacto / Contact
Tchello d’Barros (curador/ curator) tchellodbarros@yahoo.com.br
Info: facebook.com/tchellodbarroscuradorias
facebook.com/poeticasmigrantes
Visite / Visit: www.imersaolatina.com

Projeto Mídia na Escola reúne experiências de Educomunicação

mídianaescola_2

INSCREVA-SE! CONTE-NOS SUA EXPERIÊNCIA!

O projeto Mídia Na Escola é uma iniciativa da ONG Internet Sem Fronteiras, em parceria com o Instituto Imersão Latina, para *mapear iniciativas de educomunicação* aplicadas no ensino médio ou fundamental. O objetivo é criar uma rede de formação de professores para promover a educomunicação nas escolas. Queremos mapear as experiências com a mídia de professoras e professoras da rede pública e privada.  Convida a todas e todos profissionais da educação a contribuir com essa missão!

Você sabia que usar revistas, jornais, charges, vídeos e fotos em sala de aula pode ser uma boa oportunidade para estimular alunas e alunos a serem mais questionadores? Realizar oficinas de mídia possibilita que o estudante seja cada vez mais crítico em relação às informações que são compartilhada nas redes.

Dentro dos inúmeros uso da educomunicação a conversa sobre as #fakenews, os critérios de noticiabilidade e as linhas editorias é uma das principais pontes para o melhor entendimento do sistema midiático. Conhece iniciativas assim? Então nos ajude, divulgue nossa chamada ou se inscreva no formulário. Queremos conhecê-las!

Se você utiliza a mídia em sala de aula, *não deixe de se inscrever!*

Os projetos inscritos serão selecionados e, em breve, serão convidados para participar da *gravação de um vídeo!*
Basta preencher o fomulário de inscrição disponível até o dia 24/09 e nos contar como foi sua experiência em utilizar a mídia em sala de aula. As propostas serão selecionadas e, em breve, contatadas para participar da gravação de um vídeo.

ACESSE O EDITAL: http://bit.ly/2MXWG9S
INSCRIÇÕES: https://bit.ly/2CEh7URLembramos que toda iniciativa é válida, seja ela positiva ou negativa, pois cada experiência é um aprendizado!

Casa de Escambo está com convocatórias abertas para duas novas seleções artísticas. Participe!

unnamed3Casa de Escambo é um espaço de residência artística musical com foco na pesquisa e desenvolvimento de linguagens tradicionais e contemporâneas. Configura-se como um espaço para trocas artísticas livres, transdisciplinares e de saberes, tendo o intercâmbio musical como eixo estrutural, na perspectiva da percepção do outro, do diverso e diferente, enquanto campo para conhecer sua própria cultura e a de outros pontos de Minas Gerais. Este projeto pretende realizar 3 residências musicais em Sabará, com artistas advindos de diferentes culturas e regiões do Estado de Minas Gerais, permitindo a criação artístico-musical e intercâmbio

A primeira convocatória selecionou 3 artistas de Carlos Chagas, região do Vale do Mucuri, para a primeira residência, e teve seu foco no distrito do Pompéu, em Sabará estabelecendo diálogo com a história do local, espaços naturais, espaços arquitetônicos, músicos, artistas e mestres populares sabarenses. Ela teve como artista anfitrião Silas Fonseca que mediou o contato com a cultura local.

A segunda residência selecionará artistas que trabalhem com gêneros de Canção Urbana e a terceira, artistas musicais da cultura Hip Hop. Elas acontecerão na região central da cidade de Sabará com atividades no estúdio Casarão 36.

As inscrições estão abertas!

Prazo de inscrição: 7 de maio a 4 de junho de 2018

Residência #2 Canção Urbana – ACESSE A CONVOCATÓRIA AQUI
Período de Residência: 9 a 22 de junho de 2018

Residência #3 Hip Hop – ACESSE A CONVOCATÓRIA AQUI
Período de Residência: 16 a 29 de junho de 2018

ACESSE O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO AQUI

Dúvidas: casadeescambo@gmail.com

confira nosso instagram: @casadeescambo

Primeira edição da Casa Escambo é realizada no Rancho da Cultura em Sabará

Começou a Casa de Escambo! Nesta primeira edição participam André Ribeiro e Maciel Santos, artistas de Carlos Chagas que são recebidos pelo anfitrião sabarense Silas Fonseca. Serão duas semanas dedicadas à pesquisa da cultura de Pompéu e de composição musical inspiradas pela região. No dia 5 de maio eles se apresentarão no festival do Ora-pro-nóbis. Acompanhe!
A realização do projeto Casa Escambo é com recursos do Fundo Estadual de Cultura, de Minas Gerais.
Parceria:
Instituto Imersão Latina
Embaixada Cultural

 

NOTA PÚBLICA: Chamado à solidariedade internacional com o povo brasileiro

FSM2018

 

Nós, organizações que participamos do processo de facilitação do Fórum Social Mundial 2018, realizado de 13 a 17 de março, em Salvador, testemunhamos e participamos do encontro de 80 mil vozes, vindas de enorme diversidade das lutas sociais de todo o mundo, para afirmar sua capacidade de enfrentar e mudar realidades opressoras. Resistir é criar, Resistir é transformar foi o chamado do FSM 2018.

O Brasil, sede da edição 2018 e berço do Fórum Social Mundial, tão profundamente conectado às lutas por democracia no continente, vive hoje o momento mais grave de ataque aos anseios democráticos desde o golpe perpetrado através de um processo de impeachment sem crime de responsabilidade contra a presidenta Dilma Rousseff.

Neste momento, após a decretação de prisão do ex-presidente Lula, em um claro posicionamento político dos tribunais, as vozes que clamam por democracia se vêem impelidas à resistência mais dramática, contra o abuso das instituições que deveriam promover Justiça e não justiciamento de lideranças populares.

Mídias e generais chantageiam a mais Alta Corte para obter resultado anticonstitucional, que não expressa a convicção do colegiado, além de irromper a cena para propagação de temores que só tiveram igual dimensão em tempos de recente ditadura.

As organizações facilitadoras do FSM 2018, abaixo assinadas, conclamam a todas as organizações, brasileiras e internacionais participantes do FSM e à toda sociedade civil mundial, seus movimentos e organizações de luta, a se posicionarem em denúncia clara contra o golpe de estado que agora busca se consumar com a prisão do ex-presidente Lula.

Este momento dramático vivido no Brasil exige a união de todos(as que lutam por um mundo mais justo e democrático.

Conclamamos ao apoio e solidariedade internacional com os(as) militantes políticos, partidários, sindicais, sociais e também populares sem qualquer filiação, que se levantam em todo país, em especial em São Bernardo do Campo, em posição de resistência a este golpe de morte que está sendo desferido contra o povo brasileiro.

Resistir é criar
Resistir é transformar

Brasil, 05 de abril de 2018

Organizações do Grupo Facilitador do FSM 2018

Vida Brasil
Abong
CUT-Brasil
CTB
Unisol
Filhos do Mundo
TV Kirimurê
Conem
Rede Ciranda de Comunicação Compartilhada
Unegro
UBM
Rede Mulher e Mídia
UNE
CEN
Cebrapaz
Cáritas Brasileira
Clacso
Conam
Conselho de Entidades Sócio Ambientalista da Bahia (COESA)
Fórum Nacional de Democratização da Comunicação (FNDC)
Fórum Baiano de Economia Solidária (FBES)
Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional de Povos Tradicionais de Matriz Africana (Fonsanpotma)
Geledés
Instituto Paulo Freire /CEAAL
Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH)
Mulheres Negras da Bahia (representantes do Fórum Nacional e da Articulação de Mulheres Negras da Bahia)
Instituto Àwúre Incentivo Cultural Afro Brasileiro
Instituto Imersão Latina

Casa de Escambo está com inscrições abertas

#ResidênciaArtística para musicistas do interior de Minas! Bolsa de R$2.000,00 para ir a Sabará compor.

via Coletivo Fórceps, Instituto Imersão Latina, Embaixada Cultural

Você conhece o Pompéu, em Sabará? Este distrito foi fundado nos primeiros anos do século XVIII e guarda varias histórias do povo mineiro envolvendo a busca pelo ouro, pela sobrevivência e pela construção de um estado de minas. Sem falar na culinária típica, nos “causos”, belezas naturais e históricas da época do barroco.

Estão abertas inscrições para musicistas, tocadoras e tocadores de modas de viola, de instrumentos de época, cantadoras e cantadores, compositoras e compositores, mestras e mestres populares, membros de grupos culturais mineiros para passar 2 semanas no Rancho da Cultura, no Pompéu, Sabará, em residência artística musical.

A proposta é desenvolver um trabalho prioritariamente musical, envolvendo algum diálogo com os seguintes pontos: a história do Pompéu/Sabará/Minas Gerais, os espaços naturais e arquitetônicos históricos, os músicos, artistas e mestres populares sabarenses.

Saiba mais em: https://goo.gl/12EQCJ

Prazo de inscrição: 6 a 27 de março de 2018

Período de Residência: 23 de abril a 6 de maio de 2018

ACESSE A CONVOCATÓRIA AQUI

ACESSE O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO AQUI

Dúvidas: casadeescambo@gmail.com

Imersão Latina lança dois álbuns internacionais

Projeto  Residência Imersão Latina conecta sete países latinoamericanos em Belo Horizonte

https://imersaolatina.bandcamp.com/

Frutos de residências artísticas em Belo Horizonte, estão disponíveis os discos “Seamos Canción” e “Força da Paz” que contam com compositores e músicos do Chile, Colômbia, México, Uruguai, Peru, Argentina e Brasil.

Movimentos e coletivos mineiros se organizam para participar do Fórum Social Mundial

Próxima reunião de mobilização é nesta terça-feira no Sindicato dos Jornalistas

Este ano o FSM será no Brasil, em março, e contará com a participação de diversas entidades, coletivos e movimentos de Minas Gerais. Na plenária do dia 17 de janeiro, discutimos como nos organizar para participar, propor atividades e como viabilizar a ida a Salvador, e nos somar a resistência planetária que vai se reunir no Brasil.

Nossa próxima reunião será no dia 6 de fevereiro, no Centro de Referência da Juventude, 19 horas, e vai abrir oficialmente nossa exposição da Memória do FSM, que pretende reunir a partir da contribuição de todas (os), materiais impressos e fotografias das diversas edições do FSM.

Foram formados dois GTs, um de Mobilização e Comunicação e outro de Logística, que terão a tarefa de auxiliar nesta construção mineira rumo ao FSM. Também haverá um esforço para que auxiliemos no processo de inscrição e informações.
Os coletivos negros, das religiões de matriz africana e quilombolas já estão se organizando para inscrever atividades ao FSM. Foi proposta a realização de uma reunião para discutir a participação e também os coletivos de Economia Solidária tem um encontro marcado nos dias 2 e 3 de fevereiro, e dentre outras pautas, vão discutir a sua participação no FSM.

Além de um breve histórico do FSM, discutimos a construção desta edição e o esforço das entidades que compõem o Conselho Internacional e Brasileiro do Fórum nesta tarefa organizativa. A Universidade Federal da Bahia, bem como outras instituições, vão receber o encontro, e as atividades serão auto-gestionadas pelas entidades proponentes. No dia 16 de março está programada a Assembleia Mundial de Mulheres, atividade proposta no Seminário Internacional do FSM, realizado em outubro de 2017, e preparatório ao FSM 2018.
Iniciamos a gravação de vídeos com chamadas ao FSM, e convocamos as entidades e coletivos a contribuírem com a mobilização e comunicação divulgando as notícias e materiais do FSM.

As inscrições para participantes e de atividades já estão abertas e disponíveis no site do FSM: 
https://wsf2018.org.

 

EIXOS DO FSM 2018: TEMAS

1. Ancestralidade, Terra e Territorialidade
2. Comunicação, Tecnologias e Mídias livres
3. Culturas de Resistências
4. Democracias
5. Democratização da Economia
6. Desenvolvimento, Justiça Social e Ambiental
7. Direito à Cidade
8. Direitos Humanos
9. Educação e Ciência, para Emancipação e Soberania dos Povos
10. Feminismos e Luta das Mulheres
11. Futuro do FSM
12. LGBTQI+ e Diversidade de Gênero
13. Lutas Anticoloniais
14. Migrações
15. Mundo do Trabalho
16. Um Mundo sem Racismo, Intolerância e Xenofobia
17. Paz e Solidariedade
18. Povos Indígenas
19. Vida Negras Importam

Links importantes:

Inscrições participantes e atividades: https://wsf2018.org/cadastro/

Economia solidária: https://www.surveymonkey.com/r/B7JBJ9S

Dúvidas frequentes: https://wsf2018.org/faq/

Fale conosco: coletivominasfsm2018@gmail.com